Feira do Livro de Leipzig leva literaturas em língua portuguesa a Alemanha

Autores e editores portugueses e africanos participam, entre os dias 20 e 23 de março, da Feira do Livro de Leipzig 2019.

De Portugal, estarão presentes Afonso Cruz, Joana Bértholo, Ana Margarida de Carvalho e Valério Romão, entre outros nomes importantes. Estes quatro participarão juntos da mesa “Nova Literatura de Portugal”, em conversa sobre os caminhos da literatura portuguesa atual.

Da África, são esperados os moçambicanos Mbate Pedro e Lucílio Manjate, além do angolano José Eduardo Agualusa. Os dois últimos se juntarão ao editor português Zeferino Coelho na mesa “Uma África de Língua Portuguesa?”, para discutir o que, além da língua, une as literaturas de Angola e Moçambique.

Coelho participa ainda de uma conversa sobre o trabalho de edição em diferentes países. Além de Portugal, representado pelo editor da Caminho, estarão representantes de Moçambique, Mbate Pedro, da Alemanha, Stefan Weidle, e da Suiça, Lucien Leitess.

A poeta Sophia de Mello Breyner Andresen (1919-2004) será uma das homenageadas na feira com apresentação do escritor alemão Martin Hielscher, por ocasião do centenário de nascimento da autora. Sophia também foi homengeada recentemente no Festival Literário de Macau.

O país convidado

Portugal se destaca como “país convidado” da Feira do Livro de Leipzig 2021. O anúncio acontecerá em sessão oficial no dia 21 de março, às 17h, junto ao lançamento da segunda edição do JL – Jornal de Letras em alemão e da apresentação do programa especial de apoio à tradução e edição, promovido pelo Instituto Camões.

A programação completa pode ser consultada aqui.