Flip e Sesc promovem ciclo de encontros sobre Euclides da Cunha

Euclides da Cunha

Euclides da Cunha, autor homenageado da Flip – Festa Literária Internacional de Paraty, é tema de um ciclo de oito encontros. Entre 3 e 26 de junho, 14 professores, pesquisadores e escritores se reúnem para tratar da produção do autor e suas ressonâncias culturais, estéticas e históricas.

Nomes como Heloísa Starling, Lilia Schwarcz, Milton Hatoum e Walnice Nogueira Galvão ministrarão as palestras, que acontecem no Centro de Pesquisa e Formação do Sesc e no Teatro Oficina. O encerramento conta ainda uma apresentação da atriz e cantora Karina Buhr com a participação de Zé Celso, que acumula 55 anos de atuação à frente do Grupo Teatro Oficina.

Além de Os sertões, de 1902 – relato sobre a Revolta de Canudos e importante reflexão sobre o Brasil da época –, a obra de Euclides da Cunha também inclui poemas, artigos e uma série de ensaios sobre a floresta amazônica.

A curadoria do ciclo de encontros é da professora emérita da Universidade de São Paulo Walnice Nogueira Galvão, autora de 12 livros sobre Euclides da Cunha e a Revolta de Canudos, e da editora Fernanda Diamant responsável também pela curadoria da 17ª edição da Flip. As inscrições variam entre R$ 15 e R$ 50 e podem ser realizadas aqui.

O Centro de Pesquisa e Formação do Sesc está localizado na Rua Doutor Plínio Barreto, 285, e o Teatro Oficina está na Rua Jaceguai, 520, ambos em São Paulo.