Festival Literatura-Mundo do Sal: os “Camões” de Cabo Verde

Da esquerda para direita, Arménio Vieira, Júlio Lopes, Germano Almeida e o moderador Joaquim Arena

Festival de literatura-mundo do Sal presta homenagem aos dois escritores de Cabo Verde distinguidos com o Prémio Camões, Arménio Vieira e Germano de Almeida.

Foi uma descontraída conversa sobre o significado de grandes prêmios na carreira dos escritores e sobre que outros incentivos podem ser dados à produção literária e à circulação da literatura em língua portuguesa no mundo.