Prêmio Portugal Telecom 2009

 

O escritor e artista plástico brasileiro Nuno Ramos foi o vencedor do prêmio Portugal Telecom de Literatura 2009 com Ó. Em segundo lugar ficou João Gilberto Noll com o romance Acenos e afagos e, em terceiro, Lourenço Mutarelli, com A arte de produzir o efeito sem causa.

Assista aqui a cobertura do anúncio do vencedor 2009 pela RTP1/ Portugal. “Ó é um livro esquerdo, estranho, que desliza entre gêneros diferentes, um livro poético cuja forma são ensaios em prosa”, diz Nuno ao repórter da RTP.

Na noite de 11 de novembro, o jornalista Edney Silvestre foi o mestre de cerimônias da homenagem aos 10 finalistas e da entrega dos prêmios aos vencedores. Silvestre leu trechos das obras e entrevistou cada escritor no palco da Casa Fasano, São Paulo. Estiveram ausentes apenas o português António Lobo Antunes e o brasileiro João Gilberto Noll.

Um dos objetivos do Prêmio Portugal Telecom foi, desde o início, estreitar o intercâmbio literário entre autores e leitores de língua portuguesa. Nessa edição, o caminho mostrou-se correto. Logo após o anúncio do prêmio, Nuno Ramos teve seu livro premiado, Ó, publicado pela editora Cotovia, e Lourenço Mutarelli teve A arte de produzir o efeito sem causa publicado pela editora Quetzal, ambas de Portugal.

Assista aqui a Nuno Ramos lendo trechos de sua obra no lançamento de Ó em Portugal.

E o intercâmbio continuou entre os autores. Na cerimônia, Nuno conheceu o escritor português Gonçalo M. Tavares. A amizade rendeu um fruto importante: Gonçalo escreveu a orelha do livro de Nuno Ramos, O mau vidraceiro – lançado em junho daquele ano pela Editora Globo.

 

Os 10 finalistas 2009

Da esquerda para direita (cima): Eucanaã Ferraz, Gonçalo M. Tavares, Shakhaf Wine (Presidente da Portugal Telecom/Brasil), Silviano Santiago, Nuno Ramos, José Luís Peixoto, Lourenço Mutarelli, Maria Esther Maciel, Zenal Bava (Presidente Portugal Telecom/Portugal) e Inês Pedrosa.

 

Entre os dez finalistas, oito romances, um livro de contos e um de poesia; seis escritores brasileiros e quatro portugueses: Gonçalo M. Tavares (que venceu a edição 2007 com o romance Jerusalém), António Lobo Antunes (que ficou em segundo lugar na edição 2008, com a obra Eu Hei de Amar uma Pedra), Inês Pedrosa e José Luís Peixoto.

Conheça aqui os livros e autores finalistas da 7ª edição do Portugal Telecom 2009.

O Júri que elegeu as 10 obras finalistas foi formado pelos curadores Selma Caetano, Flora Sussekind, José Castello e Maria Lúcia Dal Farra e 11 jurados eleitos pelo Júri Inicial entre seus membros: Allison Marcos Leão, André Seffrin, Antonio Carlos Secchin, Beatriz Resende, Benjamin Abdalla Júnior, Eneida Leal Cunha, Fábio Lucas, Leyla Perrone-Moisés, Luiz Costa Lima, Regina Zilberman e Sérgio de Sá.

Os 10 livros finalistas expostos na Livraria Cultura.

 

Os primeiros classificados

Em cerimônia realizada no dia 20 de maio, no Palácio São Clemente, do Consulado Geral de Portugal, foram anunciados os 50 primeiros classificados e o Júri Intermediário que elegeu os 10 finalistas de 2009.

Na ocasião, os curadores Flora Sussekind, José Castello e Maria Lúcia Dal Farra fizeram um breve comentário sobre a literatura contemporânea à luz da lista dos 50 finalistas.

A literatura está cada vez mais convencional. Mesmo assim, em meio a tantos escritores, o júri conseguiu eleger alguns livros que realmente quebram o conservadorismo literário predominante e merecem reconhecimento”, afirmou Flora Sussekind.

Veja aqui a lista dos 50 classificados da 7ª edição do Portugal Telecom.

 

Os inscritos

Para eleger os 50 finalistas de 2009, entre 501 livros inscritos, a curadoria indicou

406 profissionais — entre professores, críticos literários, escritores, poetas e jornalistas — que, junto com os quatro curadores, formaram o Júri Inicial de 2009.

O Júri Inicial escolheu onze profissionais entre seus membros, que, junto com a curadoria, formaram o Júri Intermediário, responsável pela seleção dos 10 finalistas, e o Júri Final, que elegeu os vencedores.

Veja aqui a lista dos 410 membros do Júri Inicial 2009.

Veja aqui a lista dos 501 livros inscritos ao Portugal Telecom 2009.

 

O Prêmio Portugal Telecom de Literatura em Língua Portuguesa 2009 contemplou os três vencedores com R$ 100 mil ao primeiro colocado, R$ 35 mil ao segundo e R$ 15 mil ao terceiro.

O troféu foi idealizado pelo artista plástico Paulo Von Poser.